O estágio na terra é insano

O estágio na terra é insano
O anjo sem asas caiu
Foi o meu ideal que ruiu
É ele divino ou humano?

Que dor é essa que sinto
Quando de repente pressinto
O retorno ao que sei que eu sou
O que foi, afinal, que mudou?

Foi a brisa suave e sutil
Foi promessa de voz mais amena
Foi a cor de um mundo infantil

Foi o sonho da minha pequena
Que minha psiquê traduziu
E meu ego cruel destruiu.

Deixe uma resposta

Fechar Menu